quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ANO VELHO... ANO NOVO...

Mais um ano se vai passar para trazer ao Povo Moçambicano a esperança de que venha a consolidar-se, em definitivo, o objectivo a que se propunha a FRELIMO quando iniciou a luta armada contra o regime então vigente em Portugal. Depois, quando terçou armas contra a RENAMO, já são contas de outro rosário, porque aqui se tratou de luta fratricida, de irmãos contra irmãos, procurando um lado opor-se ao descambar do regime para a esfera comunista e o outro lutando por implementar tal doutrina, segundo as escolhas de alguém que se achou acima do Povo soberano... que paga agora as consequências de tão funesta decisão.
Mesmo não comungando dos ideais propostos para a República de Moçambique, sei que o seu Povo precisa de PAZ, TRABALHO, SOLIDARIEDADE, SAÚDE e tudo o mais que seja possível conceder-lhes na prespectiva de os tornar realmente um Povo que dá graças a Deus porque lhes deu um pedaço de céu como Pátria, uma capacidade empreendedora capaz de fazer Moçambique ir em frente como Pátria de que orgulham, fraterna e exemplo para os paízes vizinhos!
Moçambique precisa que se acredite nela, pois tem muito para dar a quem se proponha arregaçar as mangas e deitar mãos ao trabalho sem medo!
Tem "maningue" possibilidades de ser aquela terra "chunguila" sempre nos encantou... mas precisa de justiça social, de igualdade de oportunidades para todos, porque já bastou aquilo que sofreram nas guerras! Não sejam uns a encher os bolsos e os outros a definhar.
Neste Novo Ano que está a chegar, espera-se que o Governo não continue a marginalizar quem não tiver cartão de militante da FRELIMO, e que não continue a atirar para os portugueses todo opróbio, o odioso daquilo que os novos senhores fizeram e não deviam ter feito, sendo já tempo de assumirem que cometeram erros... até na expulsão de tudo quanto cheirasse a branco, motivando a debandada de alguns quadros e de muita mão de obra qualificada, que acabaram por fazer falta para reerguer a economia moçambicana.
Com os erros aprende-se... e creio que os actuais governantes irão fazer ter valido a pena lutar pela soberania de um Povo que merece ser feliz!
BOM ANO NOVO, MOÇAMBICANOS!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário